Problemas para conectar ? Limpe os cookies
No Google Chrome use Control+Shif+Del, selecione Cookies e outros dados.. e clique Limpar dados de navegação

---
Caso queira limpar apenas os cookies do xreonline no Chrome digite chrome://settings/cookies na barra de endereço, em pesquisar cookies digite xreonline e apague os resultados que aparecer.

XRE 2018

Fórum sobre outras motos, novidades, notícias relacionadas
Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 825
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: XRE 2018

Mensagem por nilsonfilho » 12 Mar 2018 19:15

VENTANIA escreveu:
12 Mar 2018 16:38
"Mas como infelizmente aqui é tudo uma porra du carai não dá em nada"

"O proprio consumidor brasileiro em sua maioria acaba não reclamando de nada... ...e dá nisso."

"Continuam vendendo ela assim mesmo"

SERÁ QUE NÃO É REALMENTE UMA PEQUENA PARTE DA PRODUÇÃO QUE DÁ ESSE PROBLEMA? PORQUE NÃO É POSSIVEL MUITA GENTE TER ESSE PROBLEMA E A HONDA NÃO FAZER NADA.
Eita que o nosso colega Ventania se empolgou hehe.

Cara, muita gente usa a moto e vende antes de ter problemas. Outros de fato nunca tiveram problemas. E outros têm problemas e simplesmente não ligam pra eles a ponto de reclamar nas internê...

É foda mesmo, porquê essa falta de reclamação não ajuda a botar a honda nos eixos. Não ajuda, os consumidores de xre 300 à terem suas motos melhoradas ou pelo menos com defeitos corrigidos.

Mas deixa te falar uma coisa; a xre 300 é piada nas rodas de motociclistas e as ténéré 250 e lander são cultuadas como símbolo de robustez. Mas basta ir no fórum deles e descobrir que essas motos têm problemas crônicos também;
-Trinca no subchassi (lander/tenere) e no suporte da traseira (lander x)
-Junta metálica do cilindro queimada/danificada, fazendo vazar óleo. E mesmo colocando uma nova o problema volta.
-Cubo da roda traseira trincado/danificado. A moto fica sambando e tem que trocar rolamentos constantemente.
-Vedação do tbi deficiente, deixa entrar água na injeção e a moto falha na chuva. Fica morrendo e não pega.
-amortecedor traseiro que estoura precocemente. Tem até tutorial de como usar os de outras motos, pois mesmo comprando um original ele volta a estourar.
-deficiência na lubrificação do motor que faz bater biela. O problema mais grave até que o da XRE pois tem que trocar tudo no motor. São casos isolados mas existentes desde as 2011 até as atuais.
-sensores e CPU que queimam e moto fica apresentando erro no painel (isso quando funciona)
-retificador que dá problema e pode danificar os componentes eletrônicos (incluindo a ECU)
Etc, etc

Tudo isso fora; o banco duro que nem pedra, os freios borrachudos, a oxidação acelerada do chassi e dos aros. Rolamentos que gastam rápido e os problemas das buchas traseiras do monocros (2011 até 2013).

E mesmo assim você escuta tenerezeiros com motos de 5 mil km falando em durabilidade...

Cara, posso te garantir que não existe moto sem defeito crônico. E também te garanto que a Trinca do cabeçote da XRE não é esse monstro que dizem na internet. Ambas as motos são muito boas e robustas, mas têm sim seus defeitos.

Concordo com vc, alguma coisa tem que ser feita. E vou testar se a honda vai me dar o cabeçote novo totalmente de graça (isso é o mínimo que eles devem fazer e não merecem mérito nenhum por isso).

Mas toda vida que chaga um cara num fórum falando de uma xre lançada em fevereiro de 2018 e que já rodou 22 mil km... Sem fotos... dizendo que foi com um amigo... que ele apenas viu... Fico com os dois pés atrás.



Vlw
Editado pela última vez por nilsonfilho em 03 Abr 2018 17:22, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário
VENTANIA
Muriçoca de Aço
Muriçoca de Aço
Mensagens: 1294
Registrado em: 29 Set 2009 16:30
Cidade: São Paulo
Moto: XR 250 TORNADO PRETA
Localização: São Paulo

Re: XRE 2018

Mensagem por VENTANIA » 19 Mar 2018 17:10

Nilson. Disse tudo.


Realmente a XRE é melhor em tudo perto da Lander e tudo que falou sobre a lander, eu li também, embora não aconteça tudo isso de uma vez em uma moto, ja ouvi problema no sensor de tps, rolamento de rodas e trinca no sub chassi que se não me engano e na ponta de tras na rabeta por causa dos baus. O resto´do que relatou acima de defeitos que pode apresentar, pelo que vi lá no landers, que também sou incrito lá, são coisas que não acontecem com muitas unidades, ou então estou por fora disso, mas sempre acompanhei os problemas dela lá.


Agora o que perguntei era isso, se vendidas 1000 xres e apenas 5 derem problemas esta dentro do que dizem aceitavel para veiculo de produção em larga escala, mas se de 1000, mais de 50 vamos dizer derem problema seria caso de recal.


Agora fica a dúvida, voces aqui reclamando da trinca do cabeçote e eles lá de problemas que relamente a lander dá principalmente da qualidade da moto, já que enferruja facil, o amortecedor aguenta só uns 40 mil km, qual comprar?

Acho então que é melhor encarar uma XRE que dá só esse problema de cabeçote. Mas fica a pergunta aqui ainda desculpe a chatisse, será que todas as XREs trincam o cabeçote ou é uma quantidade superior aquilo que falei acima de 5 a cada 1000?


Só a honda para dizer quantas deram problemas né e isso nunca fará.


Falar a verdade. Não ando tanrto de moto como voces porque desde que comprei a Tornado que tenho até hoje, só andei 70.000km aqui em São Paulo praticamente e uma ou outra viagem aqui pertinho, mas a Tornado nunca me deu problema nenhum, fora a troca do esticador da corrente de comando, mais nada.

E como ela é pouco visada para roubo, juntou tudo e estou com ela até hoje por causa desses problemas que li sobre a LANDER E A XRE.

E falar a verdade. não consigo ficar um dia sem moto aqui em Sampa, já que uso todos os dias ela pra tudo, carro só para viagens ou sair com a esposa. Acredito voces terem esse vicio também................uns dias sem moto já transtorna tudo.
um abraço a todos
RUY
IBIRAMOTOPOINT TODAS AS TERÇAS SÃO PAULO

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 825
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: XRE 2018

Mensagem por nilsonfilho » 26 Mar 2018 02:42

Nem me fale Ventania, dois dias sem moto já bagunça toda minha vida kkkk.

Sinceramente, sobre essa questão de trincar o cabeçote acredito que todas as xres, todas, vão apresentar esse problema algum dia. Mas também acredito que em uma moto bem cuidada da pra rodar muuuuiitoo até se chatear com isso. Conheço xres 2011 que até hoje, 80 mil kms depois, estão com cabeçote original. Mesmo o rinunes aqui do fórum rodou 140 mil kms pra trincar o primeiro cabeçote... Pra mim essa história do cabeçote se resume a um único ponto;
- o cara tem que gostar da moto e estar disposto a resolver os problemas que ela possa dar, se não, nem adianta comprar uma xre 300 pra ficar um bom tempo com ela.

As ténérés e landers vendem bem menos que a xre e pelo que tenho lido as reclamações de defeitos tem até uma maior proporção do que a xre. A diferença é a variedade dos problemas das Yamahas e que no geral eles são bem mais simples de resolver.

Aí é que está a chave de tudo... conhecer a moto, conhecer os defeitos dela e saber como resolve-los. Veja a sua tornado Ventania, é a moto mais robusta e versátil que a honda já construiu. Quase sem defeitos crônicos, usada pra tudo desde competições de motocross até motard de motoboys. Mesmo assim ela já deu muito prejuízo por sair de ponto e bater pistão nas válvulas até os donos descobrirem o problema do acionador da corrente de comando. Isso fora outros detalhes menores.

Mas perceba que como você conhece o problema e sabe como resolver você terá uma convivência muito melhor com a Toni do que muitos tiveram. Esse é o segredo.

Em resumo, tem que colocar os defeitos na balança, mas esse não é o quesito mais importante pra avaliar. Mesmo uma moto com motor problemático mas que anda bem, freia bem e é gostosa de pilotar têm o seu valor.

Mas na boa, na sua situação eu não sairia da tornado tão cedo, não pelo fato de não ter motos boas na categoria atualmente, mas sim pelo fato de que sua Toni roda tão bem quanto qualquer moto zero km e você roda pouco o suficiente pro consumo dela não doer no seu bolso.


Essa é minha opinião.





Vlw

Avatar do usuário
VENTANIA
Muriçoca de Aço
Muriçoca de Aço
Mensagens: 1294
Registrado em: 29 Set 2009 16:30
Cidade: São Paulo
Moto: XR 250 TORNADO PRETA
Localização: São Paulo

Re: XRE 2018

Mensagem por VENTANIA » 26 Mar 2018 13:47

Falou tudo Nilson. aplausos.
um abraço a todos
RUY
IBIRAMOTOPOINT TODAS AS TERÇAS SÃO PAULO

PauloRT
Fraldinha
Fraldinha
Mensagens: 1
Registrado em: 26 Mar 2018 16:05
Cidade: Goiânia
Moto: XRE 2014/15

Re: XRE 2018

Mensagem por PauloRT » 26 Mar 2018 16:30

Sou novato aqui no forum, mas sempre que compro uma moto nova procuro participar de algum forum sobre a mesma, afinal, informação é tudo!

Já tive diversas motos, mas atualmente estou com uma XRE 2014/15, peguei ela em dezembro de 2017, estava com 18 mil km.
Hoje já quase dobrei os kms dela, de dezembro pra cá fui de Goiânia à Foz do Iguaçu duas vezes nela, sem falar viagens curtas até Minas e por aqui no estado.
Enfim, moto pra mim tem que aguentar estrada, no dia em que comprei a moto, um mecânico amigo meu falou que duas coisas na vida eram certas,
a morte, e que ela ia trincar o cabeçote um dia, porém, que a moto era excelente, que como eu já tive lander, que eu ia sentir a diferença, principalmente na suspensão
que a XRE é infinitamente melhor, sem contar banco, que quando comprei a lander foi a primeira coisa que mudei, colando um ERE, mas que eu ia gostar da moto.

Sinceramente, o fato das pessoas tanto reclamarem de cabeçote não me assusta, afinal, toda moto tem seus problemas cronicos!
A minha lander, não pudia tomar chuva, que ficava dois dias falhando, tive que fazer reforço no chassis para não rachar, e mesmo assim rodou a Trans Amazonica de Cabedelo-PB até Manaus, sem problemas!
A XRE foi comigo duas vezes a Foz, pegamos chuva pra mais de metro e ventos que jogavam a moto longe, fui e voltei, duas vezes, sem problemas!

Antes da XRE, tinha uma V-Blade, quer moto que o povo diz que tem mais problema que ela?? A minha deu problema somente o primeiro ano que a tive, depois, aprendi a mexer eu mesmo na moto, nunca mais tive problema algum, e só a vendi, por problema na coluna, não aguentava mais viajar de moto custom, por isso comprei a XRE.

E digo, estranhei muito ela, pelo fato do motor esquentar o tanto que esquenta, as vezes simplesmente apagar na cidade, mas isso não é maior que o fato da moto ser ótima!

Se tem uma coisa que aprendi com motos "problemáticas" é que nunca se ouve um dono da moto reclamar desse tanto, é sempre alguém que ouviu de alguém que acontece, que a moto é ruim!

Quem realmente é motociclista, sabe mexer em sua moto e não fica dependendo de mecânicos pra fazer tudo na moto! E não existe moto ruim, exitem pessoas que tem motos e não cuidam delas como se deve.

Moto com manutenção em dias, e não exigir da moto além do ela pode dar, não estraga.

Enfim, falei demais para o primeiro post no forum.

Avatar do usuário
Aragão Neto
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 165
Registrado em: 01 Dez 2013 10:16
Cidade: Sobral-CE
Moto: XRE300 azul

Re: XRE 2018

Mensagem por Aragão Neto » 28 Mar 2018 13:16

Rapaz esse Nilson é uma fera, jornalista, mecânico, descobridor, trabalhador, piloto de XRE e se não esqueci alguma coisa ainda por cima é Cearense. :lol: :lol: :lol: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 825
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: XRE 2018

Mensagem por nilsonfilho » 01 Abr 2018 13:50

Aragão Neto escreveu:
28 Mar 2018 13:16
Rapaz esse Nilson é uma fera, jornalista, mecânico, descobridor, trabalhador, piloto de XRE e se não esqueci alguma coisa ainda por cima é Cearense. :lol: :lol: :lol: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Valeu pelas palavras Aragão! Fico até sem jeito rapaz, kkkk. Mas nem é para tanto. Basta ter atenção com as informações na internet e usar bastante bom senso.



Vlw

Avatar do usuário
VENTANIA
Muriçoca de Aço
Muriçoca de Aço
Mensagens: 1294
Registrado em: 29 Set 2009 16:30
Cidade: São Paulo
Moto: XR 250 TORNADO PRETA
Localização: São Paulo

Re: XRE 2018

Mensagem por VENTANIA » 02 Abr 2018 17:09

nilsonfilho escreveu:
01 Abr 2018 13:50
Aragão Neto escreveu:
28 Mar 2018 13:16
Rapaz esse Nilson é uma fera, jornalista, mecânico, descobridor, trabalhador, piloto de XRE e se não esqueci alguma coisa ainda por cima é Cearense. :lol: :lol: :lol: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Valeu pelas palavras Aragão! Fico até sem jeito rapaz, kkkk. Mas nem é para tanto. Basta ter atenção com as informações na internet e usar bastante bom senso.



Vlw


Aplausos para o Nilson.
um abraço a todos
RUY
IBIRAMOTOPOINT TODAS AS TERÇAS SÃO PAULO

Avatar do usuário
Robson-PB
Profissional
Profissional
Mensagens: 742
Registrado em: 06 Jul 2014 19:48
Cidade: JOAO PESSOA
Moto: XRE 2016 Rally
Localização: Brasil

Re: XRE 2018

Mensagem por Robson-PB » 02 Abr 2018 20:09

Aragão Neto escreveu:
28 Mar 2018 13:16
Rapaz esse Nilson é uma fera, jornalista, mecânico, descobridor, trabalhador, piloto de XRE e se não esqueci alguma coisa ainda por cima é Cearense. :lol: :lol: :lol: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Já havia comentado em outro tópico que a presença do Nilson enriqueceu muito este fórum. E ele dá demonstrações diárias da sua competência.

:D :) ;) :D :D :D
"O único medo que eu tenho de Moto é ter medo de andar de moto"

felipe sasso correa
Fraldinha
Fraldinha
Mensagens: 2
Registrado em: 15 Mai 2018 10:48
Cidade: Curitibanos/SC
Moto: XRE 300

Re: XRE 2018

Mensagem por felipe sasso correa » 15 Mai 2018 10:58

Fala pessoal! Que estão achando da motoca? Sempre tive vontade de moto alta e agora cheguei na XRE 300. Estou gostando muito da máquina. Mas tenho que dizer que o jogo de ferramentas dela é vergonhoso para o valor da moto. Também achei os espelhos um pouco pequenos para ela. Mas no mais só alegria até o momento. Muito estável na estrada de terra. Eu tinha uma Twister 2016. mudou totalmente nesse quesito. Claro que é outro segmento. Mas foi justamente isso que me trouxe até a xre. Os freios ABS na primeira impressão para quem sai dos discos convencionais, parece que a moto não frea. Mas logo você aprende a dosar o manete e pedal e realmente, passam muita segurança sem "sustos" ao beliscar o manete e pedal. Satisfeito com a moto. Aguardo companheiros para andarmos em SAC e região. Abraço a todos.

Responder