Problemas para conectar ? Limpe os cookies
No Google Chrome use Control+Shif+Del, selecione Cookies e outros dados.. e clique Limpar dados de navegação

---
Caso queira limpar apenas os cookies do xreonline no Chrome digite chrome://settings/cookies na barra de endereço, em pesquisar cookies digite xreonline e apague os resultados que aparecer.

Kawasaki lança nova Versys-X 300

Fórum sobre outras motos, novidades, notícias relacionadas
Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 830
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por nilsonfilho » 29 Set 2017 20:40

Se for mesmo, tira umas fotos e coloca as impressões aqui nesse tópico blz?

No exterior estão adorando essa motoca até compararam ela com a crf 250 rally.
Avancem pra 6:20 pra ver a versys 300 fazendo um off-road de leve.
https://youtu.be/SINyNWwFvFk


Vlw

Avatar do usuário
ale.adamski
Profissional
Profissional
Mensagens: 652
Registrado em: 18 Set 2015 10:14
Cidade: Santa Rosa/RS
Moto: Ténéré 660 2012

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por ale.adamski » 01 Out 2017 00:20

Alemaumsm escreveu:
14 Dez 2016 01:18
O preço realmente é alto, mas é aquela coisa, eu por exemplo não pagaria 40 mil em uma esportiva, pq eu não gosto desse estilo, mas eu pagaria 40 mil ou mais em uma BigTrail, essa regra se aplica a Versys-x 300, tem quem aprecie e procure esse estilo de moto, que lá fora já é sucesso e que tem tudo pra dar certo aqui, mesmo com o grande preconceito que existe no país com motos de baixa cc, muitos motoclubes não olham a pessoa, o caráter, mas sim a cilindrada e a marca da moto, tu pode ser uma grande pessoa, mas chega de XRE 300 em um encontro e puxa papo com os BigTrails, tem cara que não vai nem te olha na cara, volta meia hora depois com uma V-Strom pra ver, até cerveja te pagam, claro que não são todos, mas acontece muito e é esse pré conceito que gera a frase "com 20 mil tu compra uma 600 usada", não, eu quero uma 300 MiniTrail zero, é outra proposta, não se pode comparar ela com uma 600, são diferentes em todos os aspectos, e isso deve ser valorizado, compreendido e respeitado, vamos aguardar pra ver!
Palavras escritas são complicadas de ser compreendidas.
apenas comentei sobre a relação de valores entre a nova e usada,
Não disse que a 600 é melhor.Não me inclua nesse teu "pré conceito".
Moto é paixão.Não se justifica o valor que pagamos e o valor que gastamos para manter.
"Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo."
Ténéré 660 2012 Amarelo Indianápolis.
Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta.

Avatar do usuário
ale.adamski
Profissional
Profissional
Mensagens: 652
Registrado em: 18 Set 2015 10:14
Cidade: Santa Rosa/RS
Moto: Ténéré 660 2012

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por ale.adamski » 01 Out 2017 00:23

nilsonfilho escreveu:
13 Dez 2016 23:45
ale.adamski escreveu:Me pergunto se teria mercado para esses modelos aqui. Estimado entre 20 , 22 mil. Acho caro. Dá para pegar usadas 660, a esse valor

Enviado de meu SM-G531H usando Tapatalk
Depende muito.
Apesar de caro, é uma moto zero km retirada na loja e com garantia. As poucas 600 usadas que tem aqui na minha região ou são muito caras ou são muito usadas.
A gente costuma regionalizar nos comentários né.
Aqui com 21 você pega xt660. ténéré 660, até algumas nc aparecem.
E motos boas, rodadas mas boas.
Sei que são propostas diferentes, mas é de se pensar se vale tanto assim.
"Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo."
Ténéré 660 2012 Amarelo Indianápolis.
Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta.

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 830
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por nilsonfilho » 02 Out 2017 01:10

ale.adamski escreveu:
01 Out 2017 00:23
A gente costuma regionalizar nos comentários né.
Aqui com 21 você pega xt660. ténéré 660, até algumas nc aparecem.
E motos boas, rodadas mas boas.
Sei que são propostas diferentes, mas é de se pensar se vale tanto assim.
A gente regionaliza nos comentários pra deixar claro os parâmetros de comparação pessoais né. Não tem lógica eu falar de preços de motos que eu simplesmente não encontro por aqui.

Vale ressaltar; em muitos casos menos é mais!
Pra quem viaja: sempre será melhor uma moto maior e com mais motor.
Pra quem roda na cidade: uma moto mais esguia é a melhor pedida.

Essa história de que: com o mesmo preço se compra "mais moto", ou "Com o mesmo preço se compra uma 600 usada"... é furada. Isso não é argumentação válida pra mim. Pense da seguinte forma: uma Ténéré 660 jamais terá a versatilidade Urbana da xre 300. Bem como a xre 300 é melhor no off-road.

Sou apaixonado por uma moto do porte de f 800 gs, tiger 800, Ténéré 660, mas todas seriam "trambolhos" pra minha utilização (70% urbana, 20% off-road e 10% em estrada). O que Eu Preciso é de uma moto com um pouco mais de motor que a xre 300 sem ser muito mais pesada. Tipo... Uma xre 450! Como ainda não existe... Passa-se a olhar com carinho uma versys 300.

Esse é meu ponto de vista.



Abraços

Avatar do usuário
ale.adamski
Profissional
Profissional
Mensagens: 652
Registrado em: 18 Set 2015 10:14
Cidade: Santa Rosa/RS
Moto: Ténéré 660 2012

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por ale.adamski » 02 Out 2017 09:18

Nilson, não estou falando que a 600 é melhor.
Enfim, cada um com suas idéias.
Só acho caro. Simples assim.
"Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo."
Ténéré 660 2012 Amarelo Indianápolis.
Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta.

Avatar do usuário
VENTANIA
Muriçoca de Aço
Muriçoca de Aço
Mensagens: 1294
Registrado em: 29 Set 2009 16:30
Cidade: São Paulo
Moto: XR 250 TORNADO PRETA
Localização: São Paulo

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por VENTANIA » 02 Out 2017 12:54

Li acho no site da revista duas rodas, que a Kawasaki não mudou as relações primarias de marcha dela e no teste em situações de fora de estrada tem que esgoelar o motor para atingir o torque necessários para subidas, lama etc, já que ela é quase uma trail ou uma trail com tancão e outros detalhes que a marca poderia ter adequado à esse tipo de moto.


Espero que a Yamaha lance a tenere 325 corrigindo esse detalhe e outros.


Eu prefito mais o estilo da CRF 250. Mais enxuta. Autonomia levamos 5 litros gas tanque gili.


http://www.revistaduasrodas.com.br/noti ... versys-300
um abraço a todos
RUY
IBIRAMOTOPOINT TODAS AS TERÇAS SÃO PAULO

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 830
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por nilsonfilho » 04 Out 2017 19:45

Ventania blz?

Sobre as relações de marchas... Nenhuma montadora costuma mudar as engrenagens do câmbio (redução secundária) ou o tamanho do volante do motor (redução primária) quando "adpata" um motor de street em uma moto trail.

O que se faz é aumentar o número de dentes da coroa pra dar mais torque pra moto. Ou seja só mexem na redução final (kit tração). Em alguns casos reformulam a alimentação pra privilegiar torque em baixa ao invés de potência em alta.

Eles fazem assim pra diminuir os custos, afinal motor e caixa de marchas são uma coisa só. Veja a Ténéré 250, xre 300, Tornado, lander... Todas elas tem , respectivamente, o mesmo motor das "streets" fazer 250, cb 300, e cbx 250 twister. Só muda a coroa.

Mas essa informação que você deu é muuuuito valiosa!

A kawasaki fez a versys com o motor da ninjinha. Esse motor é "girador", preza por potência e torque só lá na alta. Eu esperava que a kawa aumentasse o torque em baixa e diminiusse a potência em alta, mas... Aparentemente não fez isso. Já era de se esperar que o motor iria pedir muito giro pra ter um desempenho de torque compatível com uma trail.

Só pra comparar:
Lander 250; 2,1 kgfm de torque à 6.500 rpm
Xre 300; 2,8 kgfm de torque à 6.000 rpm
Versys 300; 2,6 kgfm de torque à 10.000rpm

Enquanto o motor da xre e lander despeja todo o torque na roda o motor da versys nem acordou ainda.

Desanimei da motoca! :lol: Isso só confirma; moto trail abaixo de 500cc? Só se for monocilíndrica



Vlw

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 830
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por nilsonfilho » 04 Out 2017 19:48

ale.adamski escreveu:
02 Out 2017 09:18
Nilson, não estou falando que a 600 é melhor.
Enfim, cada um com suas idéias.
Só acho caro. Simples assim.
Blz Adamski!?

Respeito muito sua opinião. Tenho minhas divergências, mas concordo... Tá cara!


Vlw

Avatar do usuário
nilsonfilho
Profissional
Profissional
Mensagens: 830
Registrado em: 28 Mar 2015 21:33
Cidade: Caucaia/Fortaleza-Ce
Moto: honda xre 300 flex 2013 fosca

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por nilsonfilho » 05 Out 2017 02:22

Ventania

Teria como você colocar essa avaliação da versys 300 em que os caras acharam o motor xoxo? Fui pesquisar na Net e encontrei uma avaliação afirmando justamente o contrário (Vou deixar avaliação aqui no tópico);


https://www.google.com.br/amp/s/oglobo. ... ersao=amp

Teste: Nova Kawasaki Versys-X 300 agrada pela pilotagem
Modelo custa a partir de R$ 21 mil, consideravelmente a mais que suas concorrentes

Antes de tudo, é preciso ressaltar: a Versys-X 300 é uma graça. Pelas fotos, esta pequena Kawasaki pode dar a impressão de ser apenas mais uma “motoquinha legal”, daquelas eficientes e sem maiores atrativos. Mas a caçula da família Versys (já temos por aqui os modelos 650 e 1.000) não fica só na aparência e conquista quem a pilota. Além de seu visual bem-resolvido, essa moto traz virtudes suficientes para cumprir a missão de aumentar as vendas da Kawasaki, que ainda busca seu espaço no Brasil.

A Versys-X 300 vai brigar diretamente com duas best-sellers: Honda XRE 300 e Yamaha Ténéré 250. O único ponto que parece jogar contra é o preço: a novidade custa R$ 21 mil na versão standard, R$ 24 mil na standard com ABS e R$ 26 mil na versão Tourer ABS, que vem de fábrica com alguns mimos extras (cavalete central, protetores de carenagens, manetes e motor, feiosos baús laterais para 17 litros ou 3kg cada, faróis auxiliares e tomada 12V). Esses preços só valerão para as primeiras 200 unidades e/ou até o fim do ano, numa espécie de “promoção de lançamento”. Depois disso, subirão para R$ 23 mil, R$ 25 mil e R$ 27 mil, respectivamente.

Motor e câmbio fazem a diferença

Na lojas das concorrentes, a XRE 300 começa em R$ 16.500 e a Ténéré 250, em R$ 17.200. É muita diferença? Sim. Mas, como veremos adiante, a Versys-X 300 é um produto superior, o que em tese justifica seus valores mais altos. Mas, nem tanto: para ser realmente competitiva, a nova Kawasaki deveria custar no máximo R$ 19 mil em sua versão de entrada. Aí valeria muito a pena o consumidor fazer as contas.

A principal vantagem da Versys é o motor “girador” com dois cilindros em linha somando 296cm³, refrigeração líquida e comando duplo no cabeçote. Rende 40cv de potência e 2,6kgfm de torque e é o mesmo motorzinho das manjadas e salientes Ninja 300 e Z300. O câmbio tem seis marchas, e aqui temos um barato a mais: a embreagem é assistida e deslizante.

As rivais têm conjuntos inferiores, com caixas de cinco marchas, e motores monocilíndricos de comando simples e refrigeração a ar, chegando a 21cv na moto da Yamaha e 26cv na Honda. A superioridade do torque da XRE (2,8kgfm), praticamente não faz diferença. Muito mais potente, a Versys-X 300 permite viagens que, nas rivais, são sofridas.

Outros aspectos mecânicos da Kawa, como suspensões e freios, são absolutamente convencionais. Mas o modelo ainda ostenta um bom tanque para 17 litros, o que lhe dá uma autonomia de aproximadamente 400km andando bem. Na TE250, são 16 litros. E na XRE, não chega a 14 litros. Quer mais? O painel de instrumentos é completíssimo: tem velocímetro digital, conta-giros, indicador de marcha, consumo médio, relógio, temperatura externa e do líquido de refrigeração, indicador de pilotagem econômico (modo ECO) e até marcador de combustível e autonomia. Coisa assim só costumamos ver em motos maiores e bem mais caras. A Versys-X 300 ainda tem para-brisa altinho, mas sem ser exagerado, e bagageiro na rabeta. Feitas as principais apresentações, é hora de acelerar.

Pilotagem instigante

Nosso test-ride foi curto, mas revelador. A posição de pilotagem da Versys-X 300 é acertada na ergonomia, com guidom e pedaleiras em ótima posição e chassi estreitado na área do piloto, o que ajuda a botar os pés no chão quando necessário.

O pecado é a dureza do banco, que certamente será sacrificante em jornadas longas. E bastam alguns quilômetros para percebermos uma virtude: o torque está disponível sempre. Você pode chegar à sexta marcha e deixar cair para 30km/h que a moto não soluça. É que, em relação à Ninja e à Z300, a coroa da relação foi trocada: tem 46 dentes, em vez de 42 (o pinhão é o mesmo, com 14). Mas isso não trouxe vibração ou gritaria excessiva do motor em quaisquer faixas de giros. A sensação, aliás, é de sempre se estar em uma marcha abaixo da real. O motor está cheio o tempo todo. Outra qualidade? A embreagem assistida é uma manteiga: a mão esquerda jamais vai doer no trânsito.

Nas curvas, comportamento bom, mas não excepcional. Os pneus mistos Pirelli MT 60 de medidas feitas para esta moto — 60% on e 40% off — têm perfil alto para resistir a impactos, mas faz a frente ficar meio pesada. Apesar de suas características, não encantaram quando passei em mato e areia (se o aro dianteiro, de 19'', fosse de 21'', a festa seria melhor). Os freios foram eficientes e o ABS praticamente não gera tremeliques no manete.

Outros aspectos percebidos foram a pouca proteção dada pelo para-brisa (mais bonito do que útil), a excelente leitura proporcionada pelo painel e a suspensão um tanto rígida — feita para aguentar o tranco off, mas que também dá estabilidade no asfalto. No geral, a Versys-X 300 é a primeira moto pequena da Kawasaki no Brasil com reais chances de se popularizar. Ah, se custasse menos...




Vlw

Avatar do usuário
ale.adamski
Profissional
Profissional
Mensagens: 652
Registrado em: 18 Set 2015 10:14
Cidade: Santa Rosa/RS
Moto: Ténéré 660 2012

Re: Kawasaki lança nova Versys-X 300

Mensagem por ale.adamski » 05 Out 2017 06:45

Legal Nilson. Lendo a matéria da pra ver que a bichinha é Boa.
Mas será que os caras acham que ela vai tirar os clientes de Honda e Yamaha que comprariam normalmente a XRE ou Ténéré?

Enviado de meu SM-G531H usando Tapatalk

"Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo."
Ténéré 660 2012 Amarelo Indianápolis.
Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta.

Responder