Problemas para conectar ? Limpe os cookies
No Google Chrome use Control+Shif+Del, selecione Cookies e outros dados.. e clique Limpar dados de navegação

---
Caso queira limpar apenas os cookies do xreonline no Chrome digite chrome://settings/cookies na barra de endereço, em pesquisar cookies digite xreonline e apague os resultados que aparecer.

Curitiba-Uyuni-Atacama em 20 dias [7.500 km - REALIZADO]

Fórum destinado a relatos de passeios realizados pela galera, com fotos, vídeos e dicas de viagens, participe
Avatar do usuário
L. Rossa
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 57
Registrado em: 23 Jan 2016 20:52
Cidade: Curitiba
Moto: XRE-A 2012

Curitiba-Uyuni-Atacama em 20 dias [7.500 km - REALIZADO]

Mensagem por L. Rossa » 06 Mar 2018 22:24

EDIT 05/05/2018
Pra não dar entendimento errado e deixar um pouquinho mais interessante, mudei o título do tópico de "Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias [REALIZADO]" para "Curitiba-Uyuni-Atacama em 20 dias [7.500 km - REALIZADO]"

EDIT 26/04/2018
Add realizado no título, mesmo tendo reduzido o roteiro

- -

POST ORIGINAL:

Saaaalve meus queridos. Como vocês estão? Admito que faz um tempo que não entro aqui. Mas venho trocar uma ideia e ler feedbacks de um trip que quero fazer daqui a 2 semanas mais ou menos — a minha maior até então.

A ideia é a seguinte:

Na Ida:
Curitiba
Foz do Iguaçu
Assuncion - Paraguay
San Salvador de Jujuy (rodovia Lipan, sentido subida) - Argentina
Uyuni - Bolivia
San Pedro de Atacama - Chile
Santiago - Chile

Na volta pro BR
Mendonza - Argentina
Córdova - Argentina
Buenos Aires - Argentina
Montevideo - Uruguai
Chuí - RS
São José dos Ausentes - SC (pra ver os cânions)

Eu ainda não decidi as cidades intermediárias onde vou dormir, nem quanto tempo isso vai levar, mas calculo uns 30 dias.

Pelo Google Maps isso deu por cima uns 9.400 kms. Admito que da um friozinho na barriga. O máximo que fiz foi pra Minas, há dois anos atrás, e tinha chegado a 2.600 km. Mas naquele tempo eu sabia de menos. Ainda assim, eterno aprendiz, eu adoraria ver da galera que já fez essa rota um feedback.

Como troquei a relação recentemente, só vou levar chaves para ajustar a tensão, apertar uns parafusos e tirar a roda, lubrificante da corrente, câmaras reservas e talvez uma pastilha de freio traseira. Será que é bom levar óleo e filtro de óleo? Encontra por lá, não encontra?

Anexei um mapa pra ilustrar o roteiro.
E aí o que acham?

Imagem
Editado pela última vez por L. Rossa em 05 Mai 2018 18:28, em um total de 2 vezes.

Avatar do usuário
James Parra
Kamen Rider
Kamen Rider
Mensagens: 4285
Registrado em: 12 Jan 2011 09:00
Cidade: Poços de Caldas
Moto: T660 - Severina

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por James Parra » 09 Mar 2018 09:00

Otimo roteiro! Vai sozinho? Com garupa?
Uma dica: Já que vai voltar pelo Uruguai, não deixe de visitar o Cabo Polônio, muito legal!
1º, 2º, 3º e 4º ENX MG EU FUI! 8-)
1º e unico EEX ES Irupi EU FUI! 8-)
3º ENX Pirenópolis EU FUI! 8-)
4º ENX Ibiuna EU FUI! 8-)
6º ENX Canastra EU FUI! 8-)
7º ENX Jaciara EU FUI! :D

Avatar do usuário
L. Rossa
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 57
Registrado em: 23 Jan 2016 20:52
Cidade: Curitiba
Moto: XRE-A 2012

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por L. Rossa » 10 Mar 2018 15:12

James Parra escreveu:
09 Mar 2018 09:00
Otimo roteiro! Vai sozinho? Com garupa?
Uma dica: Já que vai voltar pelo Uruguai, não deixe de visitar o Cabo Polônio, muito legal!
Vou sozinho. Na cara e na coragem!

Já adicionei esse destino que você falou no roteiro.

Eu vejo os destinos por onde vou passar e fico:
Imagem

Avatar do usuário
Guto_GO
Moderador
Moderador
Mensagens: 4001
Registrado em: 26 Mai 2013 21:49
Cidade: Goiania
Moto: XRE Preta 2011

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por Guto_GO » 10 Mar 2018 23:11

Opa!!! Legal esse roteiro!!!

Na sua rota, vai passar em Punamarca, onde fica os morros coloridos, no meio da cidade tem um.monte enorme de terra vermelha,, vale a visita, e as lojas fazem cambio...
Ali seguindo na sua rota na Argentina, te recomendo muitas fotos na "Cuesta de Lipan", fica antes de Susquez, visual incrível, e parece os Caracoles, só que mais Hard!!!
Susquez é uma cidade bem pequenina, mas tem.roteiros nas minas da região, na cidade não tem.nada...kkkkk
Paso Jama é tranquilo, se não estiver com.neve nem.com.muito vento... Kkkk

Depois do Jama, você vai virar a direita até o Uyuni né, certo, se entrar na reserva Eduardo Avaria, guarde o ingresso da entrada, para mostrar na saída, sem ele vc vai ter de pagar denovo... Ah, tem uma guia de autorização de rodar na Bolívia, que vc tem de carimbar ela nos.postos de controle da Bolívia, portanto não perca esse papel, senão fica barrado. Chegando em Uyuni, não esqueça de visitar o cemitério de trens, que fica no sul da cidade, e é um visual ímpar. Já.no salar, vá até às Ilhas do meio dele e tire fotos, porque é muito show!!! Na primeira ilha, tem uma cabine, e no vidro se encontrar uma bandeira de Goiás, com adesivo dos Malakabados, foi eu... Hehehehe...
Depois até SPA, é top, visite Gêiser del Tatio, é top, pode ir de moto, e tem uma piscina de água quente em.meio aos gêiseres... É top!!! Tem várias páginas salgadas tbm, vale da Lua, etc. Tem muito lugar perto, é incrível pra ir...
Depois até Antofagasta, desça mais um pouco e vá na mão do deserto!!! Essa não pode faltar!!!

Depois pra baixo é tranquilo... Não passei por lá, mas sempre ouvi falar que esse seu trecho é legal...

Ah, importante, em Corrientes, motos tem de rodar na pista marginal, nunca use a pista principal. Se a polícia pegar, é multa forte... E ainda escuta, porque tem umas placas "escondidas" falando dessa proibição...hehehe...

Ah, outra coisa, ferramentas... Leve as que vc usa pra trocar um pneu, e apertar alguns da moto (8,10,12,13)... Quanto a óleo, lá tem, mais é mais caro... Se quiser levar leve... Filtro tbm... Mas na minha experiência, troquei óleo em Corumbá, SPA, é só aqui em casa... Se ligue na lubrificação da corrente ok...
Cara, leva um galão de 5l de gasolina, porque como a autonomia da XRE é curta, se vc quiser dar uma esticada maior, vc completa ok... Ah, garrafa d'água de 1l, pra andar no sol e na altitude ajuda demais... Eu pra altitude tomei tudo, rodei em 5000m.s.n.m, e aspirina 500 resolveu...

No mais é muita foto, é mais fotos, Mini filmes, porque filmes enormes.ninguem vê...kkkk e depois vc fica em casa editando...

Vai atualizando aqui ok!!! Foi um texto enorme, mas espero ter ajudado... :D
Augusto Cesar
Goiânia - Goiás
Imagem

Avatar do usuário
L. Rossa
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 57
Registrado em: 23 Jan 2016 20:52
Cidade: Curitiba
Moto: XRE-A 2012

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por L. Rossa » 12 Mar 2018 10:12

Guto_GO escreveu:
10 Mar 2018 23:11
Opa!!! Legal esse roteiro!!!

Na sua rota, vai passar em Punamarca, onde fica os morros coloridos, no meio da cidade tem um.monte enorme de terra vermelha,, vale a visita, e as lojas fazem cambio...
Ali seguindo na sua rota na Argentina, te recomendo muitas fotos na "Cuesta de Lipan", fica antes de Susquez, visual incrível, e parece os Caracoles, só que mais Hard!!!
Susquez é uma cidade bem pequenina, mas tem.roteiros nas minas da região, na cidade não tem.nada...kkkkk
Paso Jama é tranquilo, se não estiver com.neve nem.com.muito vento... Kkkk

Depois do Jama, você vai virar a direita até o Uyuni né, certo, se entrar na reserva Eduardo Avaria, guarde o ingresso da entrada, para mostrar na saída, sem ele vc vai ter de pagar denovo... Ah, tem uma guia de autorização de rodar na Bolívia, que vc tem de carimbar ela nos.postos de controle da Bolívia, portanto não perca esse papel, senão fica barrado. Chegando em Uyuni, não esqueça de visitar o cemitério de trens, que fica no sul da cidade, e é um visual ímpar. Já.no salar, vá até às Ilhas do meio dele e tire fotos, porque é muito show!!! Na primeira ilha, tem uma cabine, e no vidro se encontrar uma bandeira de Goiás, com adesivo dos Malakabados, foi eu... Hehehehe...
Depois até SPA, é top, visite Gêiser del Tatio, é top, pode ir de moto, e tem uma piscina de água quente em.meio aos gêiseres... É top!!! Tem várias páginas salgadas tbm, vale da Lua, etc. Tem muito lugar perto, é incrível pra ir...
Depois até Antofagasta, desça mais um pouco e vá na mão do deserto!!! Essa não pode faltar!!!

Depois pra baixo é tranquilo... Não passei por lá, mas sempre ouvi falar que esse seu trecho é legal...

Ah, importante, em Corrientes, motos tem de rodar na pista marginal, nunca use a pista principal. Se a polícia pegar, é multa forte... E ainda escuta, porque tem umas placas "escondidas" falando dessa proibição...hehehe...

Ah, outra coisa, ferramentas... Leve as que vc usa pra trocar um pneu, e apertar alguns da moto (8,10,12,13)... Quanto a óleo, lá tem, mais é mais caro... Se quiser levar leve... Filtro tbm... Mas na minha experiência, troquei óleo em Corumbá, SPA, é só aqui em casa... Se ligue na lubrificação da corrente ok...
Cara, leva um galão de 5l de gasolina, porque como a autonomia da XRE é curta, se vc quiser dar uma esticada maior, vc completa ok... Ah, garrafa d'água de 1l, pra andar no sol e na altitude ajuda demais... Eu pra altitude tomei tudo, rodei em 5000m.s.n.m, e aspirina 500 resolveu...

No mais é muita foto, é mais fotos, Mini filmes, porque filmes enormes.ninguem vê...kkkk e depois vc fica em casa editando...

Vai atualizando aqui ok!!! Foi um texto enorme, mas espero ter ajudado... :D
Nossa, ajudou demais! Obrigado pelas dicas Guto!

Com certeza tem alguns "pulos do gato", como esse de Corrientes, que só quem foi sabe dizer. Já estou anotando aqui como observação no roteiro pra ficar ligado.
Estava vendo o mapa, e o correto então é ir pela marginal e depois fazer um retorno e aí cair na principal, após o posto de polícia? Veja a imagem anexa.

Eu quero fazer a rodovia Lipán, ainda que seja um pouco contramão subir pra Uyuni depois. Não vou passar por Susques daí. Salta e Purmamarca estão no roteiro por suas montanhas coloridas. Acho que vale gastar 1 dia pra degustar o visual da região.

Algumas dúvidas: o galão aqui no Brasil precisa ser daqueles autorizados pelo Inmetro, não é?
Será que não compensa comprar fora do país?

Imagem anexa:

Imagem

Avatar do usuário
Guto_GO
Moderador
Moderador
Mensagens: 4001
Registrado em: 26 Mai 2013 21:49
Cidade: Goiania
Moto: XRE Preta 2011

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por Guto_GO » 13 Mar 2018 16:29

Ah em Corrientes, eu falo na avenida que corta a cidade, vc tem de rodar na marginal, mas depois pra ir para a ponte, tem de pegar a principal...
Augusto Cesar
Goiânia - Goiás
Imagem

Avatar do usuário
ale.adamski
Profissional
Profissional
Mensagens: 559
Registrado em: 18 Set 2015 10:14
Cidade: Santa Rosa/RS
Moto: Ténéré 660 2012

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por ale.adamski » 28 Mar 2018 10:52

Esqueminha para passar em Corrientes de moto:

Imagem
Editado pela última vez por ale.adamski em 18 Jun 2018 09:17, em um total de 1 vez.
"Aproveite cada minuto, porque o tempo não volta. O que volta é a vontade de voltar no tempo."
Ténéré 660 2012 Amarelo Indianápolis.
Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta.

Avatar do usuário
L. Rossa
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 57
Registrado em: 23 Jan 2016 20:52
Cidade: Curitiba
Moto: XRE-A 2012

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias

Mensagem por L. Rossa » 26 Abr 2018 00:03

Eliminei sul do Chile e da Argentina, além do Uruguay.

Algumas fotos dessa aventura:

Fotos maiores - https://www.instagram.com/leandro.rossa/

Em breve vídeos ;)

Imagem

Imagem

Imagem

Avatar do usuário
Leandro Gonçalves
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 107
Registrado em: 18 Nov 2015 15:16
Cidade: Santa Rita do Sapucaí - MG
Moto: GS Sertão

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias [REALIZADO]

Mensagem por Leandro Gonçalves » 26 Abr 2018 09:26

ei xará! Sem relatos, sem parabéns :lol:
O verdadeiro veículo que conduzimos é um veículo chamado ‘nós mesmos’ - Robert M. Pirsig

Avatar do usuário
L. Rossa
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 57
Registrado em: 23 Jan 2016 20:52
Cidade: Curitiba
Moto: XRE-A 2012

Re: Curitiba-Uyuni-Atacama-Chuí em 30 dias [REALIZADO]

Mensagem por L. Rossa » 26 Abr 2018 11:09

Leandro Gonçalves escreveu:
26 Abr 2018 09:26
ei xará! Sem relatos, sem parabéns :lol:
Hahaha eu postei no meu Facebook os diários de viagem. De forma resumida. Desanimei um pouco do fórum pela falta de respostas no tópico (parece que ninguém mais vem aqui!).

Comecei a escrever mais detalhado. Tem história e causo pra caramba.
E vídeo. Meu deus como tem vídeo. 150 GB de arquivos.

Um trechinho que foi pro Face:

Dia 9 Salar de Uyuni

Fez mto frio à noite em Uyuni. Deve ter sido uns 2 graus. Sensação de menos. O hostel tinha cobertores tão pesados que eu não conseguia mexê-los.

Parti pro salar as 8h30. 20km de Uyuni. Cheguei em Colchani. Avancei pra dentro da cidade até chegar no salar. Havia água. Muito água. Perguntei para um motorista de um 4wd e ele falou que estava saindo e eu podia segui-lo. O fiz e passei pela água. Estava funda em alguns pontos. Uns 40cm. Tinha que acelerar e não parar lá se não cairia. O chão ainda era de sal e água, como se fosse areia e agua. Terrível de pilotar. Segui, segui, botei os pés no chão diversas vezes pra não derrubar a moto, mesmo andando a 5/10. Que sufoco! Avançava e parava avançava e parava. Depois de um tanto de esforço, cheguei a parte com apenas sal onde o motorista me indicou a direção. Eu tinha o ponto do monumento Dakar no GPS. Mas perguntar pra quem sabe não faria mal.

Avancei com cautela e tomei segurança. Chegava a 40, 50. Chegue a umas dunas de sal onde tirei algumas fotos. Segui pro monumento.

Mais fotos lá. Perguntei sobre a Islã Hincahuasi. Ficava a 60km do monumento. No meio do deserto. Ja que estava lá, pq não?

Avancei seguindo o ponto do GPS. Montei namoto como piloto de enduro, de pé, e tomei velocidade. Não queria levar1h pra chegar. 60, 70, 80. Tudo indo como planejado até que aparece um Ojo de Salar, que são trechos onde o sal eh mais fofo, tipo um areiao.

A roda traseira serpenteou. Eu tentei controlar e não consegui. Cai. O lado direito da moto caiu sobre meu pé direito. Rapidamente o removi. Desliguei a moto. Que sufoco! Ainda tinha que levantar a moto, que se pareceu muito pesada.

Mexi o pé. Estava funcionando apesar da dor. A moto também. Só deslocou o espelho direito.

Agora um pouco tenso, segui com mais cautela. A 30/40 por hora. Em trechos de areia acelerava em puxadas constantes. Tipo acelera solta acelera solta, afim de ter mais tração. Deu certo. Uns 20 minutos depois olhei no gps e eu tinha andado só 1/5 do caminho. Nesse ritmo ia levar umas duas horas pra ir e duas pra voltar, mais o trecho com água profunda.

Por todo o salar havia um pouco de Água. Alguns lugares tinhamt rastros de carro e eu os seguia. Mais seguro que seguir apenas p GPS.

Desisti de ir a Isla e tirei algumas fotos no reflexo. Na volta fiz outro caminho da ida e passei por trechos de locomoção difícil. Com uns 3 a 15 cm de água e aquele sal que parecia areia. Muito cansativo. Na última parte com água profundas observei o caminho dos carros que estavam indo e fiz o mesmo. Com receio. Mas deu certo. Enfim consegui sair do salar!

O próximo passo era ir até Uyuni 20km e limpar a moto. Que no motor tinha uns 5cm de sal já duro. Detalhe que o sal é extremamente corrosivo. Chegando lá a dueña disse que moto era self service, mas a mangueira tinha muito pressão e pedi pra baixar. Ela disse que não dava e limpou a moto ela mesma. Ainda tomei um banho de mangueira pq estava com a roupa de chuva, toda cheia de sal.

Voltei ao hostel com botas e meias molhadas. E cheias de sal. Tirei o sal dos pés e da roupas. Deixei secando. Almocei era 15h30. Meu pé dói um pouco pra pisar. Não sei se fico mais um dia em Uyuni ou sigo pra Alota e vou Amanhã cedo pra Laguna Colorada.

18:32

Resolvi ficar mais um dia aqui. Meu pé doi e não quero viajar assim.

Agora em Uyuni tem banda tocando. Não sei se eh algum evento aqui da Bolívia ou alguma coisa com semana Santa.

Responder